Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 30 de Novembro – Morre Oscar  Wilde!

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 30 de Novembro – Morre Oscar Wilde!

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

O dia 30 de novembro de 1900 quando o escritor Oscar Wilde, autor de O retrato de Dorian Gray, morre aos 46 anos. Vítima de intolerância, ele teve sua vida pessoal constantemente atacada.

Oscar Fingall O’Flahertie Wills Wilde, um dos maiores escritores de língua inglesa do século 19, tornou-se célebre pela sua obra e pela sua personalidade. Sofisticado, inteligente, dândi, adepto do esteticismo (da “arte pela arte”), escreveu contos (“O Crime de Lord Arthur Saville”), teatro (“O Leque de Lady Windermere”), ensaios (“A alma do homem sob o socialismo”), e romances (“O Retrato de Dorian Gray”).

Oscar Wilde era filho de um médico, Sir William Wilde e de uma escritora, Jane Francesca Elgee, defensora do movimento da Independência Irlandesa. Desde criança Oscar Wilde esteve sempre rodeado por grandes intelectuais. Criado no protestantismo, destacou-se nos estudos das obras clássicas gregas e no conhecimento dos idiomas.

Em 1882, foi convidado para ir aos Estados Unidos para falar sobre o seu recém criado Movimento Estético, com as idéias de renovação moral. Defendia o “belo” como única solução contra tudo o que considerava maléfico à sociedade. Esse movimento visava transformar o tradicionalismo na época vitoriana, dando um tom de vanguarda às artes.

No ano seguinte foi para Paris, e, em contato com o mundo literário francês, seu movimento acabou por se enfraquecer. Em seguida, retornou para a Inglaterra, onde se casou com Constance Lloyd e foi morar em Chelsea, um bairro de artistas. O casal teve dois filhos, mas mesmo após o casamento, Oscar continuou frequentando todas as rodas literárias, espalhando glamour e comentários nos eventos sociais em que comparecia, sempre elegante e extravagante.

Em 1880 lançou “Vera”, um texto teatral bem sucedido. Chegou a ter três peças em cartaz simultaneamente nos teatros ingleses.Em seguida publicou uma coletânea de poemas. Em 1887 e 1888, seu período mais produtivo, lançou vários contos e novelas, como “O Príncipe Feliz”, “O Fantasma de Canterville” e outras histórias.

Em 1891, lançou sua obra prima, “O Retrato de Dorian Gray”, que retrata a decadência moral humana. No entanto, no seu apogeu literário, começaram a surgir os problemas pessoais. O que antes eram boatos quanto a uma suposta vida irregular, passaram a se concretizar, dando início à decadência pessoal do escritor. Apareceram rumores sobre sua homossexualidade, (severamente condenada por lei na Inglaterra), que não puderam mais serem negados. Oscar se envolveu com Lord Alfred Douglas (ou Bosie), filho do Marquês de Queensberry, que sabendo do relacionamento, enviou uma carta a Oscar Wilde, no Albermale Club, onde o ofendia e recriminava já no sobrescrito: “A Oscar Wilde, conhecido Sodomita”.

O escritor decidiu processar o Marquês por difamação. Depois tentou desistir do processo, mas era tarde demais e as provas da sua vida sexual desregrada começam a aparecer. Um novo processo contra ele foi instaurado. Sua fama começou a desmoronar. Suas obras e livros foram recolhidos e suas comédias retiradas de cartaz. O que lhe restava foi leiloado para as despesas do processo judicial. Acabou passando dois anos na prisão, que lhe renderam obras comoventes como “A Balada do Cárcere de Reading” (1898) e “De Profundis”, uma longa carta ao Lord Douglas.

Ao sair da prisão, retirou-se para Paris, onde adotou o pseudônimo de Sebastian Melmouth e onde passou o resto dos seus dias, em hotéis baratos, embriagando-se com absinto.

Veja mais fatos históricos nesse dia:

1645 – Um terremoto destrói a catedral de Manila, nas Filipinas.

1667 – Nasce o escritor Jonathan Swift, autor de “As viagens de Gulliver”.

1782 – Os Estados Unidos e a Grã-Bretanha assinam o Tratado de Paris, pondo um fim a Guerra Revolucionária norte-americana.

1807 – O exército francês, sob o comando do General Junot, ocupa Lisboa e assume a presidência do conselho de Governo.

1838 – Após a ocupação francesa de Vera Cruz, o México declara guerra à França. O conflito é conhecido como a Guerra dos Pastéis.

1874 – Nasce Winston Churchill, primeiro ministro inglês.

1878 – Morre o genereal Francisco Linhares Alcântara, presidente de Venezuela.

1900 – O escritor Oscar Wilde, autor de O retrato de Dorian Gray, morre aos 46 anos. Vítima de intolerância, ele teve sua vida pessoal constantemente atacada.

1913 – Charles Chaplin inicia a sua carreira de ator cinematográfico com o filme Making a Living, de Mark Sennett.

1919 – Pela primeira vez na França, as mulheres votam em eleições legislativas.

1920 – A Prússia torna-se um Estado livre, parlamentar e democrático. O presidente do Conselho é o social-democrata Otto Braun.

1922 – Manifestação do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães reúne 50 mil pessoas em Berlim.

1930 – Inauguração de vôos comerciais entre Brasil e Estados Unidos pela Pan American Airlines.

1931 – Estréia no Rio de Janeiro o filme Coisas Nossas, primeiro musical longa-metragem brasileiro.

1935 – Morre o poeta português Fernando Pessoa.

1935 – Na Alemanha de Hitler, é concedido o direito de divórcio no caso de um dos cônjuges não acreditar nos ideais nazistas.

1938 – Emil Hacha é eleito presidente da Checoslováquia.

1947 – Um dia após as Nações Unidas declararem a formação do estado de Israel, o estado judeu é atacado por seus países vizinhos.

1949 – Fortes temporais causam a morte de quatro mil pessoas na Guatemala.

1950 – Harry Truman, presidente dos Estados Unidos, anuncia que seu país pode utilizar a bomba atômica no conflito da Coréia.

1958 – Após 93 anos no poder, o Partido Colorado perde as eleições legislativas no Uruguai, vencidas pelo Partido Branco.

1961 – A União Soviética veta o direito do Kuwait de se tornar membro das Nações Unidas.

1964 – A URSS lança a nave espacial Sonda II.

1964 – O Presidente Castelo Branco promulga o Estatuto da Terra, uma lei que regula direitos e obrigações relacionadas aos bens imóveis rurais.

1966 – Barbados, um estado insular independente localizado dentro das Pequenas Antilhas, torna-se independente da Inglaterra.

1967 – A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil condena a prisão de clérigos.

1967 – O Iêmen torna-se independente da Grã-Bretanha.

1981 – Os Estados Unidos e a União Soviética começam a negociar em Genebra um acordo para reduzir o número de armas nucleares na Europa.

1986 – No Brasil, um terremoto de 5.1 graus na Escala Richter atinge o município de João Câmara, no Rio Grande do Norte.

1988 – Um ciclone atinge Bangladesh, ao leste da Índia, e deixa cerca de dois mil mortos. Dois terços do território ficaram submersos.

1994 – O transatlântico italiano Achille Lauro incendeia-se em alto-mar, provocando a morte de duas pessoas. Em seu histórico, o navio já tinha acidentes e até seqüestro.

1995 – Bill Clinton torna-se o primeiro presidente dos Estados Unidos a visitar a Irlanda do Norte.

1997 – Israel anuncia a retirada parcial da Cisjordânia, após 30 anos de ocupação.

Fonte:

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >>  Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *