Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 18 de Janeiro – Tratado de Versalhes!

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 18 de Janeiro – Tratado de Versalhes!

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

O dia 18 de Janeiro de 1919 quando 0s representantes das maiores potências do mundo estavam reunidos em Paris para dar início às longas e complicadas negociações que marcaram oficialmente o fim da Primeira Guerra Mundial. Os líderes dos países vitoriosos – França, Grã-Bretanha, Estados Unidos e Itália – conduziriam a maioria das decisões cruciais ao longo dos próximos seis meses. Durante a maior parte da conferência, o presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson, sustentou a ideia de uma “uma paz sem vitória” e defendia que a Alemanha, considerada a maior perdedora da guerra, não recebesse punições exageradamente severas. Por outro lado, os primeiros-ministros Georges Clemenceau, da França, e David Lloyd George, da Grã-Bretanha, argumentaram que era preciso punir a Alemanha adequadamente, garantir que o país ficasse enfraquecido e pagasse os enormes custos da guerra.
Representantes da Alemanha foram excluídos da conferência de paz até maio. Quando chegaram a Paris, foram presenteados com um projeto do Tratado de Versalhes. Eles acreditaram nas promessas de Wilson, mas ficaram profundamente frustrados e desiludidos pelo tratado, que tirava da Alemanha uma grande quantidade de territórios. Pior ainda, o artigo 231 forçou a Alemanha a aceitar a culpa exclusiva da guerra.
O Tratado de Versalhes foi assinado em 28 de junho de 1919, cinco anos depois que um nacionalista sérvio assassinou o arquiduque austríaco Franz Ferdinand e provocou o início da Primeira Guerra Mundial. Nas décadas posteriores, a raiva e o ressentimento do tratado e dos seus autores foram crescendo na Alemanha. Extremistas, como o nacional-socialista (nazista) Adolf Hitler aproveitaram este ambiente para ganhar poder, um processo que levou a exatamente o que ninguém mais queria: uma segunda guerra devastadora e global.

Veja mais fatos históricos nesse dia:

1535 – Fundada a cidade de Lima.

1701 – Federico I assume o trono da Prússia.

1915 – Pancho Villa é proclamado presidente do México e assume poderes militares e civis.

1919 – É iniciada a conferencia de paz de Versalhes que encerrou oficialmente a Primeira Guerra Mundial.

1920 – Erupção do vulcão São Miguel, no México, que causa a morte de 6 mil pessoas.

1929 – Um violento terremoto destrói a cidade de Cumaná, na Venezuela.

1934 – Movimento de caráter comunista é instalado em várias cidades de Portugal, sendo rapidamente sufocado pelo governo.

1936 – Morre Rudyard Kipling, escritor britânico, Prêmio Nobel de Literatura.

1938 – Começa a circular as novas notas de dinheiro na Espanha.

1942 – Na Segunda Guerra Mundial um grupo de 95 mil soldados alemães é cercado pelos soviéticos em Demjansk.

1943 – Durante a Segunda Guerra Mundial, a União Soviética anuncia que conseguiu romper o sítio nazista imposto sobre a cidade de Leningrado.

1957 – Realizada a última viagem de avião de uma linha aérea sem escalas. O abastecimento das aeronaves era feito em pleno vôo por aviões-tanque.

1974 – Israel e Egito assinam acordos de paz. Um ano antes, o Egito, juntamente com a Síria, atacou Israel na guerra de Yom Kipur, que durou 19 dias.

1980 – O álbum The Wall, do grupo Pink Floyd, lançado de dezembro de 1979, atinge o topo das paradas americanas e assim fica por 15 semanas.

1984 – Paulo Maluf lança a sua candidatura à presidência da República.

1985 – A Federação Latino-Americana e do Caribe de Jornalistas Desportivos elege o brasileiro Joaquim Cruz o melhor atleta latino-americano de 1984.

1986 – 88 pessoas morrem em colisão de um avião em Santa Elena, na Guatemala.

1989 – O Partido Comunista polonês aprova o pluralismo sindical e político.

1990 – Marion Barry, o prRedação Terraito de Washington, a capital norte-americana, é preso por posse de drogas.

1991 – O Congresso respalda a posição do governo espanhol na crise do Golfo Pérsico, participando na força multinacional contra o Iraque.

1992 – O presidente da Guinéa, Obiang Nguema, dissolve, por decreto, o Governo, para instaurar o multipartidarismo e permitir o regresso dos políticos exilados.

1994 – Cisão da Democracia Cristiana italiana no Partido Popular Italiano (PPI) e no Centro Cristiano Democrático (CCD).

1995 – Lamberto Dini torna-se o novo primeiro-ministro da Itália.

1995 – Morre Adolf Butenandt, químico alemão, Prêmio Nobel de Química.

1996 – O casamento de Lisa Marie Presley, filha de Elvis Presley, e do cantor Michael Jackson, chega ao fim depois de dois anos.

1996 – A cantora Madonna chega à Argentina para filmar Evita, filme de Alan Parker. Ela é recebida com protestos pela população.Janeiro

Fonte:

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >> Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *