Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 16 de Maio –  Pierce Brosnan!

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 16 de Maio – Pierce Brosnan!

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

O dia 16 de Maio de 1953 quando nascia em Drogheda na Irlanda, Pierce Brosnan o ator que tornou-se num dos maiores símbolos irlandeses de hoje. E isso graças à sua notável performance como o mitico 007 numa serie de quatro filmes.
Ainda jovem mudou-se da Irlanda para Inglaterra, sem o pai que tinha abandonado a familia. Foi um padrasto que o criou e o levou a ver o seu primeiro filme quando tinha 11 anos. O filme era, curiosamente, Goldfinger. E foi aí que Brosnan se apaixonou pela representação, tendo anos mais tarde começado a estudar dramaturgia. Em 1979 teria o seu primeiro papel no filme Resting Rought. E seria em pequenos papeis que Pierce Brosnan se formaria como actor. O grande salto para a fama chegaria anos mais tarde. Em 1982, com 29 anos, estreou-se como protagonista em Remington Steele. A serie viria a tornar-se uma das mais populares da década no Reino Unido, e granjeria muitos apoios a Brosnan. De tal forma que em 1986 ele foi o nome escolhido para suceder a Roger Moore como James Bond. Mas o contracto que o ligava à serie impediu-o de ser Bond. Mais tarde o destino cumprir-se-ia, ainda por mais porque Timothy Dalton nunca soube convencer os fãs de 007.
Com o final de Remington Steele, no fim da decada de 80, Brosnan começou a trabalhar em filmes que se revelaram verdadeiros fracassos. Pior aconteceria em 1990 quando a sua primeira mulher, Cassandra Harris, morria nas suas mãos, depois de completaram dez anos de casados. Deixou Brosnan como um viuvo inconsolável e tres filhos nos braços. Durante muitos anos a morte da mulher afectou Brosnan que continuava a não ver a sua carreira descolar. Depois de alguns trabalhos para a televisão, eis que a carreira de Brosnan dá uma volta de 180º graus. Dalton falhara em convencer e fizera apenas dois filmes como 007. Os produtores da serie queriam de novo Brosnan e desta vez o actor irlandes não se fez rogado. Em 1995 estreou-se em Goldeneye e pela primeira vez em quinze anos, o filme foi um sucesso estrondoso. Brosnan tinha feito o que poucos conseguiriam: recuperar um icone da cultura contemporânea e levá-lo a bom porto neste novo mundo impiedoso para personagens como Bond.
Depois do sucesso do filme, começaram a chegar convites para outros projectos de sucesso como Dante´s Peak, Robinson Crusoe e Mars Attack. Em 1997 chegava um novo Bond, Tomorrow Never Dies, e mais um considerável sucesso.
Desde aí a sua carreia consolidou-se. Em The Thomas Crown Affair, mostrou que o seu charme não é exclusividade dos filmes de 007. Em The Nephew estreou a sua recém-fundada produtora. E um segundo casamento com Kaily Shie-Smith, que resultou em mais dois filhos, tornou-o um homem feliz. The Tailor of Panama e The World is Not Enough mantiveram-no em alta. Só que a situação viria a mudar subtilmente em 2002. No final de Die Another Day, Brosnan mostrou-se cansado de Bond. A personagem tinha estagnado e os filmes começavam a vulgarizar-se. Brosnan queria mudar o estilo da personagem. Um dia chegou mesmo a dizer que queria “matar Bond.” O estúdio não gostou e afastou-o do próximo projecto. O seu sucessor ainda não foi escolhido mas terá uma dificil tarefa em mãos. Já o futuro de Brosnan parece interessante. Este ano estreou After the Sunset, o que se pensava ser a sequela de The Thomas Crown Affair, mas em 2005 apresentará a verdadeira sequela do seu maior sucesso fora do universo Bond em The Topkapi Affair.
Pierce Brosnan é um verdadeiro embaixador do charme, e um actor que prova que o talento e a subtileza de uma interpretação de tons sedutores pode ser mais uma arma do que um contra-tempo. Resta saber se o futuro mostrará Brosnan algo mais que a sombra de um agente secreto conhecido de todos.

 

Veja mais fatos históricos nesse dia:

1509 – Zarpa do porto de Cartagena a esquadra que, liderada pelo cardeal Cisneros, conquistaria Orán (atual território da Argélia).

1703 – O czar Pedro I põe a primeira pedra da cidade de São Petersburgo, às margens do rio Neva.
1727 – Morre Catarina I da Rússia, esposa de Pedro I, o Grande.
1778 – Morre Miguel Cabrera, pintor mexicano.
1811 – O futuro libertador do Chile e Peru, José de San Martín, é elevado ao posto de comandante, após a batalha de Albuera (Badajoz-Espanha), entre os exércitos espanhol e francês.
1850 – Inauguração do primeiro navio de guerra movido a vapor em Toulon (França). Ele foi chamado de Napoleão.
1875 – Violentos terremotos na Colômbia e na Venezuela causam a morte de mais de 16 mil pessoas.
1906 – Nasce Arturo Uslar Pietri, escritor venezuelano.
1918 – Nasce Juan Rulfo, escritor mexicano.
1922 – Publicação do primeiro número da revista de Buenos Aires Para ti, que alcançou grande popularidade na Argentina.
1923 – Nasce o norte-americano Merton Miller, Prêmio Nobel de Economia 1990.
1929 – Primeira entrega de prêmios anuais concedidos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. O prêmio foi uma estatueta banhada em ouro, que depois foi chamada de Oscar.
1930 – O general Leónidas Trujillo é eleito presidente da República Dominicana.
1943 – Segunda Guerra Mundial: após quatro semanas de luta, as tropas alemãs conseguem vencer a resistência do gueto de Varsóvia.
1974 – A Índia anuncia que tem a bomba atômica.
1975 – A japonesa Junko Tabei é a primeira mulher a escalar o Everest.
1983 – Morre Mateo Alemán, ex-presidente do México.
1986 – O Conselho Superior das Forças Armadas Argentinas condena os comandantes militares Arturo Lami, Leopoldo Galtieri e Jorge Anaya, que tiveram responsabilidades durante a Guerra das Malvinas.
1986 – A OTAN aprova a produção de armas químicas pelos Estados Unidos.
1986 – Marrocos e Argélia rompem suas relações diplomáticas.
1989 – China e União Soviética se reconciliam em Pequim após 30 anos de conflito.
1990 – O primeiro ministro eleito húngaro, Joszef Antall, apresenta em Budapeste o primeiro governo democrático em quatro décadas.
1990 – Morre Sammy Davis Jr., cantor e ator norte-americano.
1991 – O Panamá decide privatizar várias empresas estatais e dá início a uma profunda reforma econômica para normalizar as relações com as instituições financeiras internacionais.
1991 – China e União Soviética firmam um acordo que soluciona as discordâncias sobre a fronteira no setor oriental entre ambas as potências.
1997 – O presidente do Zaire, Mobuto Sese Seko, abandona o poder após mais de 30 anos de ditadura.
1999 – O Kuwait anuncia que, pela primeira vez na história do Emirado, as mulheres poderão votar e ser eleitas para o Parlamento e cargos municipais.
2001 – Os cientistas Francis Collins, Hamilton Smith, John Sulston, Craig Venter e Jean Weissenbach, cujas equipes lideram a investigação sobre o genoma humano, são agraciados com o Prêmio Príncipe de Austúrias de Investigação Científica e Técnica.
2004 – No dia 16 de maio, o Estado americano de Massachusetts se tornou o primeiro a permitir o casamento legal entre pessoas do mesmo sexo.

Fonte:

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >> Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *