Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 15 de Setembro – É descoberta a Penicilina

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 15 de Setembro – É descoberta a Penicilina

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

15 de Setembro de 1928, quando o cientista britânico Alexander Fleming faz uma das maiores descobertas da História da Medicina, a Penicilina.

A penicilina é um antibiótico natural derivado do bolor produzido pelo fungo Penicillium chrysogenum (ou P. notatum). Ela foi descoberta por acaso em 1928, pelo médico e bacteriologista escocês Alexander Fleming e está disponível como fármaco desde 1941, sendo o primeiro antibiótico a ser utilizado com sucesso.

A penicilina foi descoberta por Fleming quando ele saiu de férias e esqueceu algumas placas com culturas de microrganismos em seu laboratório no Hospital St. Mary em Londres. Quando voltou, reparou que uma das suas culturas de Staphylococcus tinha sido contaminada por um bolor, e em volta das colônias deste não havia mais bactérias. Então Fleming e seu colega, Dr. Pryce, descobriram um fungo do gênero Penicillium, e demonstraram que o fungo produzia uma substância responsável pelo efeito bactericida: a penicilina. Esta foi obtida em forma purificada por Howard Florey, Ernst Chain e Norman Heatley, da Universidade de Oxford, muitos anos depois, em 1940. Eles comprovaram as suas qualidades antibióticas em ratos infectados, assim como a sua não-toxicidade. Em 1941, os seus efeitos foram demonstrados em humanos. O primeiro homem a ser tratado com penicilina foi um agente da polícia que sofria de septicémia com abcessos disseminados, uma condição geralmente fatal na época. Ele melhorou bastante após a administração do fármaco, mas veio a falecer quando as reservas iniciais de penicilina se esgotaram. Em 1945, Fleming, Florey e Chain receberam o Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina por este trabalho. A penicilina salvou milhares de vidas de soldados dos aliados na Segunda Guerra Mundial.

Tem-se dito que muitas descobertas científicas são feitas ao acaso. O acaso, já dizia Pasteur, só favorece aos espíritos preparados e não prescinde da observação. A descoberta da penicilina constitui um exemplo típico. Alexander Fleming, bacteriologista do St. Mary’s Hospital, de Londres, vinha já há algum tempo pesquisando substâncias capazes de matar ou impedir o crescimento de bactérias nas feridas infectadas. Essa preocupação se justificava pela experiência adquirida na Primeira Grande Guerra (1914-1918), na qual muitos combatentes morreram em conseqüência da infecção em ferimentos profundos. Em 1922 Fleming descobrira uma substância antibacteriana na lágrima e na saliva, a qual dera o nome de lisozima. Em 1928 Fleming desenvolvia pesquisas sobre estafilococos, quando descobriu a penicilina. A descoberta da penicilina deu-se em condições peculiaríssimas, graças a uma seqüência de acontecimentos imprevistos e surpreendentes.

Veja mais fatos históricos nesse dia:

1514- D. Manuel I concede foral ao Montijo.
1590 – O Cardeal Giambattista Castagna é eleito Papa, com o nome de Papa Urbano VII.
1644 – O Cardeal Giambattista Pamphili é eleito Papa, com o nome de Papa Inocêncio X.
1821 – A Guatemala, a Costa Rica, a Nicarágua, El Salvador e Honduras declaram a independência da Espanha.
1862 – Forças confederadas de Jackson uniram-se com as de Lee na Guerra Civil Americana.
1903 – Fundação do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense (Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil).
1944 – Força Expedicionária Brasileira, sob o comando do Marechal Mascarenhas de Morais, parte para a guerra na Itália.
1965 – Lei 4.771 institui o Novo Código Florestal Brasileiro.
1971 – A ONG Greenpeace é fundada.
1976 – URSS lança nave Soyuz 22.
1982 – Massacre de Sabra e Shatila no Líbano.
2008 – O banco norte-americano Lehman Brothers declarou falência, o que foi considerado o ápice da crise financeira de 2008-2009.
2009 – A Federação Internacional do Automóvel anuncia a volta da equipe Lotus à Fórmula 1.

Fonte:

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >> Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *