Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 15 de Maio – A Condenação de Ana Bolena

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 15 de Maio – A Condenação de Ana Bolena

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

15 de Maio de 1536, quando a jovem e bela Ana Bolena é acusada por seu marido, o rei Henrique VIII da Inglaterra, de adultério, incesto e traição.

No ano de 1536, a rainha consorte da Inglaterra, Ana Bolena era condenada à morte por alta traição pelo Parlamento britânico. Ela já estava presa na Torre de Londres desde o dia 2 de maio daquele ano, após cerca de 1000 dias no cargo como rainha. Ana, que era casada com Henrique VIII, foi acusada, junto ao seu irmão Jorge, de adultério, incesto e traição. Ela foi acusada de ter tido relações sexuais com o próprio irmão, fato que teria provocado uma gravidez. O seu casamento com Henrique VIII foi anulado dois dias depois. A culpabilidade de Ana nunca foi provada. O tio de Ana, Thomas Howard, terceiro duque de Norfolk, presidiu o tribunal que a condenou à morte. Ela foi decapitada no dia 19 de maio de 1536. Ana Bolena foi a segunda esposa de Hennrique VIII, rei da Inglaterra. O casamento foi polêmico já que o rei teve que anular sua união com Catarina de Aragão, o que era proibido. Por conta do episódio, Henrique VIII foi excomungado pelo Papa Clemente VII e fundou a Igreja Anglicana.

Ana Bolena foi rainha da Inglaterra de 1533 a 1536, sendo a segunda esposa de Henrique VIII da Inglaterra, mãe da rainha Elizabeth I, bem como marquesa de Pembroke. Seu casamento com Henrique VIII foi polêmico, do ponto de vista político e religioso, e resultou na criação da Igreja Anglicana. A ascensão e queda de Ana Bolena, considerada a mais controversa rainha consorte da Inglaterra, inspiraram inúmeras biografias e obras ficcionais. Era filha de Sir Tomás Bolena e Isabel Howard. Foi educada na França, principalmente como dama de companhia da rainha Cláudia de França, esposa de Francisco I. Voltou para a Inglaterra em 1522.

Dois anos mais tarde, apaixonou-se por Henrique VIII. A princípio, Ana resistiu às tentativas do rei em seduzi-la e torná-la sua amante, como sua irmã, Maria Bolena, era. Henrique VIII anulou seu casamento com Catarina de Aragão para que pudesse se casar com Ana Bolena. Quando tornou-se claro que o Papa Clemente VII não aprovaria o divórcio de Henrique VIII e Catarina de Aragão e, posteriormente, o casamento deste com Ana Bolena, iniciou-se a ruptura religiosa entre a Inglaterra e a Igreja Católica Romana, resultando na criação da Igreja Anglicana.

O arcebispo de York, Thomas Wolsey, foi destituído de seu posto em 1529 por não ter sido bem sucedido em sua tentativa de conseguir o divórcio e anulação do casamento do rei Henrique VIII com Catarina de Aragão. O casamento de Ana Bolena com Henrique VIII ocorreu em 25 de janeiro de 1533; entretanto, demorou quatro meses para ser contemplado. Em 23 de maio daquele ano, foi anulado o casamento de Henrique VIII e Catarina de Aragão, sendo que cinco dias depois, o casamento de Bolena com o rei Henrique VIII foi validado. Pouco tempo depois, Henrique VIII e o arcebispo foram excomungados da Igreja Católica pelo Papa Clemente VII.

Veja mais fatos históricos nesse dia:

1756 – Inicia-se oficialmente a Guerra dos Sete Anos;
1922 – Lançada a Klaxon, revista mensal de arte moderna, editada em São Paulo;
1928 – Mickey Mouse aparece pela primeira vez em seu primeiro curta, Plane Crazy;
1930 – Por reivindicação feminina, surge profissão de aeromoça;
1957 – O governo britânico anuncia a explosão de uma bomba nuclear na área de testes da ilha Christmas, no Pacífico;
1958 – URSS lança o satélite artificial Sputnik III, de 1.327kg;
1960 – URSS anuncia o lançamento de um satélite com uma cabina para astronautas;
1964 – EUA suspendem o uso de aviões F-105, devido aos acidentes que vinham ocorrendo com estes aparelhos;
1965 – Brasil decide enviar tropas à República Dominicana;
1966 – Morre em Itajubá MG, aos 98 anos, o ex-presidente Venceslau Brás;
1975 – Governo encaminha ao Congresso projeto de lei para a criação da Portobrás;
1980 – O Comitê Olímpico da Alemanha Ocidental decide não participar dos Jogos de Moscou, elevando para 44 o número de países que aderiram ao boicote;
1992 – Edith Cresson torna-se a primeira mulher a ocupar o cargo de primeira-ministra na França, em substituição a Michel Rocard;
1995 – D. Lucas Moreira Neves é eleito presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB);
1996 – Após cinco anos de luta judicial, Sandra Regina Machado é reconhecida como filha de Pelé;
1996 – Legistas identificam a ossada de uma militante do PC do B morta na região do Araguaia em 1972;
2001 – Japão anuncia gravidez da princesa Masako, casada havia oito anos com o príncipe-herdeiro Naroíto;
2001 – Morre em Salvador o político Juraci Magalhães;

Fonte:

Opera-Mundi

Barsa Saber

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >> Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Um comentário sobre “Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 15 de Maio – A Condenação de Ana Bolena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *