Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 13 de Junho – Morre Alexandre, O Grande

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 13 de Junho – Morre Alexandre, O Grande

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

O dia 13 de Junho de 323 AEC (a.C.), quando morreu um dos maiores generais do mundo antigo e fundado de um dos maiores impérios de todos os tempos, Alexandre Magno, da Macedônia.

Alexandre, o Grande (ou Magno), o jovem gênio militar macedônico que criou um império que se estendeu desde o leste do Mediterrâneo até a Índia, morreu na Babilônia, no atual Iraque, aos 33 anos, em um dia como este, no ano de 323 a.C.

Nascido na Macedônia, filho do rei Filipe II e da rainha Olímpia, Alexandre recebeu uma educação clássica do famoso filósofo Aristóteles e uma educação militar de seu pai. Aos 16 anos, levou suas primeiras tropas para combate e, dois anos depois, comandou uma grande parte do exército de seu pai, que venceu a Batalha de Queroneia e colocou a Grécia sob o domínio macedônico. Em 336 a.C, Filipe II foi assassinado, e Alexandre ascendeu ao trono.

Dois anos depois, o jovem rei levou um grande exército para a Ásia Menor para realizar planos de seu pai para conquistar a Pérsia. Em desvantagem em suas batalhas contra as forças persas, Alexandre mostrava uma compreensão sem precedentes do planejamento militar estratégico e manobras táticas. Ele nunca perdeu uma única batalha, e, em 330 a.C, todos da Pérsia e da Ásia Menor estavam sob seu domínio. Dentro de seu império, ele fundou grandes e duradouras cidades, como Alexandria, no Egito, e introduziu mudanças políticas e econômicas, com base nos modelos gregos que lhe foram ensinados na juventude.

 

Embora Alexandre controlasse o maior império da história do mundo até então, ele lançou uma nova campanha oriental após seu retorno da Pérsia. Em 327 a.C, ele havia conquistado o Afeganistão, Ásia Central e norte da Índia. No ano seguinte, seu exército, exausto, depois de oito anos de luta, recusou-se a ir mais longe, e Alexander levou-os a uma jornada difícil para casa através do deserto de Makran.

Finalmente, chegando à Babilônia, Alexandre começou a construir uma grande frota para levar seu exército de volta ao Egito. No entanto, em junho de 323 a.C, Alexandre ficou doente depois de um longo banquete e de muita bebida. Ele teve um ataque e morreu. Ele não deixou sucessores e, um ano após sua morte, seu exército e seu império entraram em guerra. Mais tarde, seu corpo retornou para Alexandria, onde foi sepultado em um caixão de ouro.

 

“Faixa Bônus”:

Música “Alexander, the Great”, do Iron Maiden

Alexander, the Great – Iron Mainden

Veja mais fatos históricos nesse dia:

313 – Constantino promulga Édito de Milão.
1373 – Portugal assina com a Inglaterra a mais antiga aliança entre nações.
1621 – Carta régia divide o Brasil em dois estados: Brasil e Maranhão.
1951 – Forças da ONU capturam Pyongyang, vértice norte do triângulo de defesa comunista na região central da Coreia.
1956 – A ocupação britânica da zona do canal de Suez termina com a partida da última força simbólica, que sai de Port Said para Chipre.
1964 – EUA e Reino Unido aceitam custear a presença das tropas da ONU em Chipre por três meses após 27 de junho.
1967 – Violentos conflitos raciais explodem em cidades americanas, reacendendo a questão racial nos EUA.
1971 – O jornal The New York Times inicia a publicação de documentos secretos do Pentágono sobre o envolvimento dos EUA no Vietnam.
1973 – EUA, Viet Cong e Vietnam do Sul e do Norte assinam acordo visando reforçar a paz no Vietnam.
1978 – Fidel Castro aceita encontro com o presidente dos EUA, Jimmy Carter, para esclarecer o envolvimento cubana na invasão da província de Shaba, no Zaire.
1983 – A sonda espacial Pioneer 10, lançada em 1972, torna-se o primeiro objeto fabricado pelo homem a sair do sistema solar.
1991 – Depois de 600 anos de inatividade, entra em erupção o vulcão Pinatubo, nas Filipinas.
2000 – Após 19 dias de afastamento, o Superior Tribunal de Justiça determina a recondução de Celso Pitta à Prefeitura de São Paulo.
2001 – O presidente da Autoridade Nacional Palestina, Yasser Arafat, aceita o plano de paz proposto pelos EUA, anteriormente acatado também por Israel.
2004 – São Paulo SP é palco da maior parada gay do mundo, superando as de São Francisco e de Toronto. Cerca de 1,5 milhão de pessoas participaram do ato público.

Fonte:

Opera-Mundi

Barsa Saber

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >> Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Um comentário sobre “Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 13 de Junho – Morre Alexandre, O Grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *