Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 10 de Janeiro – Tintim!

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 10 de Janeiro – Tintim!

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

O dia 10 de Janeiro de 1929 onde nasceu o cómico Tintim pelas mãos do desenhista Georges Remi, comummente conhecido como Hergé. O jornal belga “Le Petit Vingtième” foi incumbido de publicar uma pequena tira do Tintim e de Milú, o seu pequeno Fox Terrier branco.

Desde então, já foram vendidas mais de 230 milhões de cópias no mundo inteiro e as aventuras de Tintim foram traduzidas em mais de 70 idiomas. Em 1930, Hergé criou os irmãos Dupond e Dupont. As restantes personagens que protagonizam as diferentes aventuras de Tintim foram criadas posteriormente, conforme iam sendo publicadas as bandas desenhadas.

Tintim é um deus. Pelo menos ali no miolo da Europa, onde o personagem de Hergé nasceu, em 1929, Tintim é unanimidade, as crianças são alfabetizadas com seus álbuns, que também satisfaz igualmente os adultos. O jovem jornalista loirinho com topete tem até estátua, tamanha reverência e importância na cultura pop europeia e mundial. A pergunta é: por que é que ele não é tão importante assim por aqui ou em outros países latinos, por exemplo?   Bem, de uma forma ou de outra, é mais ou menos isso que o longa “As Aventuras de Tintim – O Segredo do Licorne” tenta “consertar”: a animação, premiada recentemente como “Melhor Animação ” no Globo de Ouro, revitaliza o personagem e alinha Tintim para uma nova audiência, evidentemente não somente a europeia. Méritos para os senhores Steven Spielberg (direção) e Peter Jackson (produção).

A primeira aventura publicada foi “Tintim no Congo”, no ano 1930, e foram desenhadas um total de 23 histórias completas.

Veja mais fatos históricos nesse dia:

1509 – Nasce Juan Calvino, teólogo francês estabelecido em Genebra, autor da Reforma Protestante.

1555 – A cidade de Havana é assaltada, incendiada e destruída pelo pirata francês Jacques de Sores.

1825 – A Bolívia recebe seu atual nome em homenagem ao libertador Simón Bolívar.

1830 – Nasce Camilo Pissarro, pintor francês.

1851 – Morre Jacques Daguerre, inventor francês, um dos pais da fotografia.

1863 – Sob a pressão das forças francesas, a Junta de Notáveis do México declara que a nação aceita o regime monárquico e oferece a coroa ao arquiduque Maximiliano de Áustria.

1871 – Nasce Marcel Proust, escritor francês.

1904 – Porfirio Díaz é reeleito presidente do México por outros seis anos.

1908 – Explode na Guiana uma insurreição contra a Espanha.

1921 – A Mongólia Exterior se declara independente e um governo popular provisório é constituído.

1939 – Tropas soviéticas são expulsas pelos japoneses na fronteira de Manchukuo.

1940 – O marechal Petain assina uma nova constituição, o que equivale ao nascimento da III República francesa.

1941 – Segunda Guerra mundial: a Finlândia ataca a URSS.

1941 – Nasce Alain Krivine, escritor e dirigente político francês.

1949 – No Festival Cinematográfico de Knokke (Bélgica), o filme Ladrões de Bicicleta, de Vittorio de Sicca é premiado. O filme é um dos expoentes do neorealismo italiano.

1950 – Morrem 300 pessoas e mais de mil ficam feridas na Colômbia, devido a violentos tremores de terra.

1956 – A Câmara dos Lordes britânica recusa a abolição da pena de morte, aprovada pela Câmara dos Comuns.

1957 – Morre Curzio Malaparte, escritor italiano.

1964 – Mary Quant apresenta a minissaia.

1973 – As Ilhas Bahamas obtém a independência dentro da Comunidade Britânica de Nações.

1973 – O presidente Héctor J. Cámpora e o vice-presidente Solano Lima renunciam a seus cargos para que Perón possa voltar à Presidência da Argentina.

1978 – Um golpe de Estado militar derruba o presidente da Mauritânia, Uld Dadah.

1983 – Morre Estrellita Castro, cantora espanhola.

1991 – Borís Yeltsin assume o cargo de presidente da Federação Russa.

1992 – A Conferência de Segurança e cooperação na Europa aprova a possibilidade de uso da força em caso de conflitos regionais no Continente.

1992 – O ex-presidente panamenho Manuel Antonio Noriega é condenado a 40 anos de prisão por narcotráfico.

1994 – Vitória de Leonid Kuchma nas eleições presidenciais da Ucrânia, e de Alexander Lukashenko, nas primeiras eleições presidenciais da Bielorrúsia.

2000 – Morrem ao menos 140 pessoas no desmoronamento de uma montanha de lixo, localizada onde essas pessoas viviam, em Manila, capital das Filipinas.

2001 – Um júri norte-americano condena à prisão perpétua o terrorista islâmico Jalfan Jamis Mohamed, autor do atentado contra a Embaixada dos Estados Unidos na Tanzânia, no qual morreram 11 pessoas.

2001 – O ex-ditador argentino Jorge Rafael Videla é preso por sua participação no Plano Condor, organizado para acabar com a esquerda na América do Sul.

Fonte:

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >>  Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Um comentário sobre “Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 10 de Janeiro – Tintim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *