Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 07 de Novembro – Perdemos Mcqueen!

Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 07 de Novembro – Perdemos Mcqueen!

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

O dia 07 de novembro de 1980 onde perdemos Steve Mcqueen que foi um famoso ator norte americano, o qual é lembrado por seus papéis em diversos filmes para a TV e Cinema, realizados nas décadas de 1950, 1960, 1970 e 1980.
Mais lembrado por seus papéis em “The Great Escape” (1963), “Papillon” (1973), e uma série de outros filmes de ação.

Nascido em Beech Grove, Indiana, Steve Mcqueen abandonou a escola no 9º ano, sendo encaminhado para o reformatório, se alistando posteriormente Marinha dos EUA.
Apelidado de “The King of Cool”. É considerado um dos maiores atores de todos os tempos.
Em 1974, Steve Mcqueen se tornou o astro de cinema mais bem pago do mundo.
Ele foi também um piloto ávido de motocicletas e carros.
Enquanto estudou atuação, ele passava os finais de semana competindo em corridas de moto, sendo que comprou sua primeira motocicleta com seus ganhos.
Steve Mcqueen também é lembrado por dispensar o uso de “dublês” em seus filmes, pois ele mesmo realizava as cenas de ação.
McQueen também desenhou e patenteou um assento e transbrake para carros de corrida.

Steve foi menino de fazenda, conviveu com hippies, delinquentes e transviados.
Passou dois anos em um reformatório da Califórnia e aos quinze anos abandonou a sua família para ser marinheiro, carregador, empregado de posto de gasolina e vendedor.
A sorte chegou quando lhe calhou ganhar quinze dólares por semana para dizer um pequeno diálogo por noite em um teatro “off” na Broadway.
Ele mesmo se definia como um indomável cínico, rebelde e nada bonito, e sempre procurou personagens obcecados, nada românticos e sem o estereótipo de galã.
Ao chegar a Hollywood, na década de 1950 foi logo saudado como o sucessor de James Dean.

McQueen começou fazendo diversos papéis em séries de TV.
Entre 1958 e 1961 estrelou “Procurado Vivo ou Morto”, série faroeste para a CBS, que rendeu noventa e quatro episódios.
Começou no cinema em um papel não creditado em “Somebody Up There Likes Me” – 1956, estrelado por Paul Newman.
McQueen continuou a se equilibrar entre o cinema e a TV até que tirou a sorte grande ao conseguir um dos principais papéis de “Sete Homens e um Destino” (The Magnificent Seven, 1960), faroeste clássico de John Sturges, com Yul Brynner comandando um elenco repleto de outros jovens candidatos a astros, como Robert Vaughn, James Coburn e Charles Bronson.
Filmes como “Fugindo do Inferno” (The Great Escape, 1963), também de John Sturges, “O Canhoneiro de Yang-Tsé” (The Sand Pebbles, 1966), de Robert Wise e, principalmente, “Bullitt” (Bullitt, 1968), de Peter Yates, estabeleceram McQueen como o típico durão hollywoodiano, versão anos 1960, papel que ele herdou de Humphrey Bogart, John Wayne e outras lendas do passado e transmitiria a Clint Eastwood, Bruce Willis, Sylvester Stallone etc.

Na década seguinte, o sucesso continuou em diversas películas bem acolhidas pelo público, como “Papillon” (Papillon, 1973), de Frank J. Schaffner, e “Inferno na Torre” (The Towering Inferno, 1974), de John Guillermin e Irwin Allen.
No entanto, McQueen era um solitário por natureza e sua insociabilidade atingiu o ápice entre 1974 e 1978, quando preferia ficar trancado em casa, bebendo cerveja e engordando.
Chegou a recusar convites milionários, como atuar em “Apocalypse Now”, de Francis Ford Coppola ou trabalhar ao lado de Sophia Loren.
Seu único interesse eram os carros e chegou ao ponto de pedir a seu mecânico para ler os roteiros que recebia e mostrar a ele apenas os mais interessantes.
Finalmente, voltou ao cinema no fracassado “O Inimigo do Povo” (An Enemy of the People, 1978), de George Schaefer, drama adaptado da peça de Henrik Ibsen.

Sua última atuação foi no thriller “Caçador Implacável” (The Hunter, 1980), de Buzz Kulik, já debilitado pela doença que o levaria à morte.

Laços Familiares [Casamentos e Filhos]:
– Cantora Neile Adams (1956 -1972) (tiveram dois filhos);
– Atriz Ali MacGraw (1973-1978) [se conheceram durante as filmagens de “Os Implacáveis” (The Getaway, 1972)] [Divórcio];
– Barbara Minty (Janeiro à Novembro de 1980) [Divórcio].
Causa da Morte: Steve Mcqueen morreu em 07/11/1980 com 50 anos de idade, no “Tucson Medical Center” em Tucson (Arizona – EUA), vítima de uma ataque cardíaco (Infarto), após uma cirurgia para tratamento de “mesotelioma” (câncer na membrana que envole os pulmões), também chamada de ” doença do amianto”.

Obs.: Quando Steve Mcqueen faleceu, possuía sua própria empresa cinematográfica, a Solar, e era um dos mais populares astros norte-americanos.

Sepultamento:
O Corpo de Steve Mcqueen foi cremado e suas cinzas foram espalhadas no Oceano Pacífico, conforme sua vontade.

Veja mais fatos históricos nesse dia:

1822 – O poeta Manuel José Quintana inaugura a Universidade de Madrid.

1825 – É lançado em Recife o Diário de Pernambuco, o primeiro jornal da América Latina.

1837 – Começa em Salvador a Sabinada, movimento revolucionário ocorrido no período regencial liderado por Sabino Álvares da Rocha Vieira.

1848 – Eclode em Olinda, Pernambuco, a Revolução Praieira, a última das insurreições realmente relevantes contra a unidade regencial.

1861 – O presidente equatoriano José María Velasco Ibarra é obrigado a renunciar.

1879 – Nasce Leon Trotsky, revolucionário russo.

1885 – Canadá termina seu trem transcontinental chamado de Canadian Pacific. 1917 – Liderados por Vladimir Lenin, os bolcheviques tomam o poder na Rússia e derrubam o governo provisório de Alexander Kerensky.

1933 – Vai ao ar o programa de rádio La Edición Oral Deportiva, um dos mais exitosos da Argentina.

1941 – Durante a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos aprovam crédito de US$ 1 milhão à União Soviética para a compra de armas.

1956 – A Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas exige que a Inglaterra, a França e Israel retirem suas tropas do Egito.

1956 – Ocorre em Paris uma manifestação contra a invasão soviética na Hungria.

1962 – As Nações Unidas passam uma resolução condenando a política de apartheid da África do Sul.

1963 – São resgatados onze sobreviventes de acidente numa mina na cidade de Lengede, no Estado da Baixa Saxônia. Eles haviam resistido durante duas semanas e a operação de resgate ficou conhecida como “o milagre de Lengede”.

1963 – Nasce John Barnes, jogador de futebol inglês nascido na Jamaica.

1972 – O presidente Richard Nixon é reeleito nos Estados Unidos. Seu governo encerra a guerra contra o Vietnã. Ele deixa o cargo em 1974 por causa do escândalo de Watergate.

1973 – Nasce Martín Palermo, jogador de futebol argentino.

1973 – A Petrobras anuncia a descoberta de uma jazida petrolífera em Campos, no Rio de Janeiro.

1973 – Os Estados Unidos e o Egito reatam relações diplomáticas, rompidas entre os dois países desde a Guerra dos Seis Dias, em 1967.

1984 – O governo brasileiro institui os juizados de pequenas causas.

1986 – Costa Rica anuncia o estabelecimento de uma zona militar na fronteira com a Nicarágua.

1987 – O presidente da Tunísia Habib Bourguiba é deposto num golpe de Estado.

1991 – O jogador norte-americano Magic Johnson anuncia que é portador do vírus HIV e por isso abandona as quadras de basquete.

1998 – A nave espacial Discovery retorna a Cabo Canaveral nos Estados Unidos após uma missão de nove dias.

 

Fonte:

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >>  Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Um comentário sobre “Cabine Histórica: Viagem ao passado do dia 07 de Novembro – Perdemos Mcqueen!

  1. Augusto

    Pouca gente lembra do Steve Mcqueen no começo de carreira. Ele é o galã que salva a biscoito fino no filme d’A Bolha Assassina de 1958. Isso porque a refilmagem de 1988 é mais lembrada do que o original. rsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *