Cabine Histórica: Viagem ao passado do 04 de Agosto – Criação do champanhe!

Cabine Histórica: Viagem ao passado do 04 de Agosto – Criação do champanhe!

Cabine histórica é a nossa viagem com a C.A.T.I.A aos fatos históricos da humanidade e por toda a linha temporal,hoje viajamos para:

O dia 4 de agosto de 1693 que é tradicionalmente a data a qual é atribuída a invenção do champanhe ou champanha, vinho branco espumante, produzido na região de Champagne, nordeste da França. A descoberta dessa bebida foi obra dos monges Dom Pérignon e Dom Ruinart. Tradicionalmente, a flûte é o tipo de taça usada para saborear o champanhe.

Em 1695, vivia no norte da França um grande preparador de vinhos, dom Pierre Pérignon (1639-1715), que foi o mestre de adega da abadia beneditina de Hautvillers por 47 anos. Certo dia, este monge cego decidiu lacrar suas garrafas com cortiça completamente seca, em vez de usar tampas de madeira e fios de corda embebidos em óleo, como era habitual. Conseqüentemente, o dióxido de carbono produzido durante a fermentação, que conseguia passar através dos poros da madeira, ficou aprisionado pela nova rolha. Desse modo, Dom Pérignon recebeu os créditos de ter colocado as bolhas no champanhe.

Rapidamente, a invenção do monge encantou a população da região de Champagne, no nordeste da França. O novo vinho de Champagne viajou rumo às cortes de Paris e de outros países da Europa. Por volta de 1720, caixas do vinho já eram exportadas até para a rival Prússia, de Frederico Guilherme I, um apaixonado pela bebida.

Um dos motivos para a fama mundial da bebida é que ela passou a ser usada nas coroações dos reis franceses e, desta maneira, ficou conhecida como o vinho dos reis. A Dom Pérignon são atribuídas algumas mudanças fundamentais na produção do champanhe. Entre as suas descobertas estão a mistura de diferentes vinhos da região, o uso de garrafas de vidro mais espesso, o uso da rolha de cortiça e a escavação de adegas profundas.

Com a evolução da enologia, os vinicultores bolaram um método mais simples e mais veloz de estimular o surgimento das borbulhas – a adição de açúcar de cana e de alguns fermentos. Os fermentos alimentam-se do açúcar e, na sua digestão, libera o gás carbônico. Esse processo é feito em duas fermentações. Após a primeira, comum a todos os vinhos, realiza-se a segunda, que inclui a remuage (rotação das garrafas que faz reunir no gargalo os sedimentos da fermentação), o dégorgement (resfriamento do gargalo para que os sedimentos fiquem presos no gelo e só saiam por pressão) e a dosagem de açúcar (que define o tipo do espumante).

Até hoje, apenas o vinho feito com as uvas da região de Champanhe – Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay – pode exibir, no seu rótulo, o título champagne. Todos os outros são chamados de vinhos espumantes. O prosecco é um tipo de espumante produzido na região de Valdobbiene, na Itália.

Veja mais fatos históricos nesse dia:

 

1851 – Um golpe militar liderado pelo general Muñoz derruba o presidente Laureano Pineda na Nicarágua.

1875 – Morre Hans Christian Andersen, escritor dinamarquês de contos infantis.

1900 – Nasce Elizabeth, rainha-mãe da Inglaterra.

1901 – Nasce Louis Armstrong, músico norte-americano.

1903 – O cardial Giuseppe Sarto é eleito Papa, com o nome de Pío X.

1914 – Primeira Guerra Mundial: forças alemãs entram na Bélgica.

1919 – A República dos Conselhor da Hungria é exterminada depois de 133 dias de existência. Forças romanas entram em Budapeste e os dirigentes soviéticos saem do país, no que é considerado como a primeira derrota mundial do comunismo.

1933 – O líder indiano Mahatma Ghandi é preso por autoridades coloniais britânicas pelo seu chamamento à desobediência civil.

1934 – Morre Marie Curie, pesquisadora polaca, prêmio Nobel de Física em 1903.

1946 – Gabriel Videla é eleito presidente do Chile.

1950 – Dois fortes terremotos atingem o oeste da Venezuela: a cidade de Tocoyo é totalmente destruída.

1955 – O jornal “El Tiempo”, o mais importante da Colômbia, é fechado pelo Governo militar.

1957 – O piloto argentino Juan Manuel Fangio conquista o título de pentacampeão na Fórmula 1.

1961 – O Parlamento britânico aprova a adesão do país à Comunidade Econômica Européia, proposta pelo Governo.

1964 – Estados Unidos começam a bombardear o Vietnã do Norte.

1978 – Um decreto-lei assinado pelo presidente Ernesto Geisel proibi a greve nos setores de segurança nacional e serviços de primeira necessidade.

1981 – Morre Melvyn Douglas, ator americano.

1982 – Morre Carlos Sabat Ercarty, poeta uruguaio.

1983 – Bettino Craxi torna-se o primeiro chefe de governo socialista na Itália desde que a democracia se reestabeleceu.

1993 – Assinatura de um acordo de paz que põe fim a três anos de guerra civil na Tanzânia.

1999 – Ao menos 518 pessoas morrem na Reúplica Democrática do Congo em um bombardeio sobre Makanza e Bogbonga, localidades controladas por forças rebeldes.

2000 – A rainha Elisabeth celebra seus cem anos de vida diante de 30 mil pessoas reunidas em frente ao palácio de Buckingham de Londres.

Fonte:

Redação Terra

History Channel

Gostou do Post?

Curta e compartilhe a page >>  Cabine do tempo no facebook! e o Twitter do cabine do tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *