Cabine Nostálgica: Teenage Mutant Ninja – Turtles Turtles in Time

Cabine Nostálgica: Teenage Mutant Ninja – Turtles Turtles in Time

“Teenage Mutant Ninja Turtles (abreviado TMNT, em inglês), conhecidos no Brasil como Tartarugas Ninja, é um grupo de 4 tartarugas antropomórficas adolescentes, mutantes e ninjas, treinadas pelo rato, Mestre Splinter. Os 4 são batizados em homenagem a artistas renascentistas: Leonardo, Michelangelo, Donatello e Raphael. As Tartarugas moram no esgoto de Nova York, e seu grande inimigo é o destruidor (Shredder), líder de uma gangue de ninjas. Destaque para o bordão do quarteto: “Cowabunga!”.

É assim que começa o texto sobre esse quarteto, na nossa tão acessada “Wikipedia”. A história desses personagens começa em 1983 nos quadrinhos e foi o maior sucesso.  A galera da minha idade acompanhou de perto em diversos aspectos, a maioria de suas aventuras. Quem não tinha aquele bonequinho das tartarugas, que era duro que é uma desgraça e nem era muito articulado? Aquela tartaruga em cima de um skate?  A outra que você apertava um botão atras e ela batia com a mão? Seja nos seriados, nos desenhos, nos jogos ou nos brinquedos, todo mundo conhecia eles!

Esse ano, fomos surpreendidos com mais um filme desse quarteto. Eu ainda não assisti, nem sei se vou, mas esse tão comentado lançamento me remeteu a um grande jogo de Super Nintendo e Mega Drive, lançado em 1992, que fez um sucesso estrondoso:

capa

Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time

Lançado primeiramente para Arcade e posteriormente para consoles, o game era uma continuação direta do jogo TMNT 2: The Arcade Game. A ideia foi fazer um Beat´em up com os personagens da série, e a Konami o fez com maestria. Essa versão tem até um modo “versus” onde você podia lutar contra um amigo no player 2, e a luta acontecia no esgoto! Talvez esse tenha sido o primeiro passo para o jogo que veio após esse, o “Teenage Mutant Ninja Turtles – Tournament Fighters”.

escolha de personagens

Seleção de personagens

Logo no inicio, você podia escolher entre um das 4 tartarugas para seguir em sua missão. Como no desenho, cada tartaruga tinha uma arma e uma habilidade: Leonardo usa a bandana azul e tem duas katanas, Donatello tem um cajado (bastão) e sua bandana é a roxa (e era o meu preferido), Michelangelo tem um par de nunchakus e sua cor é a laranja e por fim, Raphael possuía dois “sais” (mini tridentes ou algo parecido) e sua cor era a vermelha. Infelizmente, nesse game, o “humor” dos personagens não é mostrado, já que essa é uma característica bem marcante das tartarugas nos filmes e desenhos.

iamgem 1

Roubo da Estátua da Liberdade

Assim que você escolhia a sua tartaruga, a história do jogo rolava.  O destruidor manda um dos seus famosos capangas, o Krang, roubar a Estátua da Liberdade,e isso ocorre ao vivo em uma  transmissão de TV. Assistindo isso, nossos personagens principais não pensam duas vezes e correm para o quebra pau.

O jogo em si é um Beat´em up normal, sem muita enrolação. O que acontece é que realmente é muito divertido enfrentar os chefes dos desenhos, muito empolgante cada “Cowabunga!” que os personagens soltam e cada pedaço de pizza que você come no decorrer do game. As fases também tem alguns estilos, com inimigos caracterizados no ambiente. O divertido é que podíamos matar os inimigos de varias maneiras: batendo, atirando itens do cenário, explodindo algumas bombas, pegando um item de “turtle power!” (que eles sempre berravam) que o personagem ficava invencível, atirando o inimigo de um lado pro outro ou até mesmo tacando ele na tela (que dava um efeito muito bonito, um semi 3D).

Uma coisa que era extremamente “divertida” é que, no começo de cada fase, mostrava-se a sombra do chefe e o nome da fase. Isso despertava uma grande ansiedade no jogador. A ideia de enfrentar os inimigos dos filmes e desenhos com o “mistério” da sobra criava uma expectativa muito grande no jogador. Como o jogo não era lá muito pequeno, havia a possibilidade de você esquecer dos chefes e jogar de novo.

Eu não vou dar spoiler e revelar todos os chefes, mas vou mostrar a sombra de cada um para deixar vocês curiosos:

1 fase

Big Apple, 3 AM

1 fase 1

O Krang aparecia pra soltar lasers

 

A primeira fase é denominada “Big Apple, 3 AM”. O chefe final é alguém bem conhecido por quem acompanha o quarteto. A fase se passa em um prédio em construção onde você enfrenta um infinidade de ninjas de todos os estilos e come muitos pedaços de pizza. Aparece sempre uma bola de ferro para esmagar as tartarugas e outro que da as caras é o Krang, soltando uns lasers nos personagens.

2 fase

Alleycat Blues

2 fase 2

Robôs infernais!

Alleycat Blues é o nome da segunda fase. Esse chefe também e conhecidos dos fãs, mas não tanto quanto o primeiro (eu na verdade, não conhecia esse chefe). A fase é uma das mais divertidas do game. Se passava nas ruas, onde tínhamos muitos ninjas vindo de tudo quanto é lado. Era ninja das portas dos prédios, de cima das escadas e até de dentro do bueiro. Bueiro que você podia cair e perder vida. Nessa fase que tem um inimigo infernal: os robôs. Eles vinham e te prendiam pra te dar choque e aquilo era um inferno. Não conheço ninguém que jogo isso e não fico maluco da cabeça com esses robôs insuportáveis.

3 fase

Sewer Surfin

3 fase 3

Nessa fase, rolava um surf nos esgotos

Sewer Surfin era uma fase diferente das outras. Você estava “surfando” em uma prancha dentro do esgoto, enfrentando diversos ninjas e desviando de bombas infernais no meio do caminho. No Super Nintendo, essa fase é uma fase “bônus”. O chefe é o Rat King ( eu estou contando por que, na imagem do começo, não é o Rat King) que aprece em uma “lancha”. Esse inimigo mostrado na imagem é uma espécie de “Alien” que fica pulando da água e te atacando, era bastante difícil.

4 fase

TECHNODROME: Let´s Kick Shel

destruidor

Era muito divertido e desafiador lutar contra o Destruidor dessa maneira

TECHNODROME: Let´s Kick Shell era uma das fases mais divertidas do game. Ela começava com uma introdução que mais era uma “pegadinha” pois, aparecia o esconderijo do destruidor. O jogador já logo imaginava que era a ultima fase.

4 fase 4

Rá, pegadinha do Malandro!

Por se passar dentro de uma base, a fase é toda “futurista”. Com robôs infernais (mais uma vez, dando choque), buracos que soltam energia, elevadores e um robô novo, um cachorrinho chamado “Mousers” que conseguem ser mais chatos do que os robôs normais. Sério, esses cachorros eram chatos demais que chegava a estragar a fase, irritavam de verdade! Além do chefe que aparece no começo (bem conhecido também), existe um “pré chefe” super divertido, o Destruidor. Ele esta em uma maquina, na frente da tela, atirando nas tartarugas. A única maneira de derrota-lo é tacando os inimigos contra a tela! Quando você termina a fase, você entende o nome do jogo “Turtles in Time” pois ele te taca em uma maquina do tempo!

5 fase

Prehistoric Turtlesaures

 

5 fase 5

O quebra pau aqui, era na pré-história

Prehistoric Turtlesaures. A quinta fase começa a nossa viagem pelo tempo, na pré história. Andamos pela terra enfrentando ninjas que tem ajuda até de dinossauros! Também andamos por cavernas repletas de Stalactites e homens de pedras, que eram bem difíceis de matar. Também rola um vulcão em erupção, pra desviarmos das bolas de fogo (isso era MUITO comum em jogos desse estilo na época! Todo jogo desse tinha uma fase na pré história com um vulcão rs).  Eu, sinceramente, não conhecia esse chefe.

6 fase

Skull and Crossbones

6 fase 6

Navio pirata

Skull and Crossbones: essa fase se passa em um navio pirata. Enfrentaríamos ninjas, taboas soltas que voavam em nossa cara ao pisar, navios inimigos atirando bolas de canhão e mais uma vez homens de pedras. O chefe eram um dos mais conhecidos inimigos das tartarugas. Uma dupla bem famosa, vestida como pirata!

7 fase

Bury my Shell at Wounded Knee

7 fase 7

A fase mais sem graça do jogo

Bury my Shell at Wounded Knee é o nome da sétima fase. Ela e bem sem graça, pra dizer a verdade, sem nada demais.  Se passa em um trem onde enfrentamos homens de pedra e ninjas. O chefe era famoso dos desenhos, o jacaré que da porrada!

8 fase

Neon Night Riders

8 fase 8

F-Zero ?

Neon Night Riders é a oitava fase. Uma fase bônus bem divertida. Ela parece mais com o jogo de corrida “F-Zero” e se passa no futuro. Nela, a visão é de trás e o personagem principal percorre algumas ruas,em cima de uma plataforma, esmurrando os ninjas. No final, um inimigo conhecidíssimo dos fãs era enfrentado.

9 fase

STARBASE: Where no turtle has gone before

9 fase 9

Mais robôs insuportáveis

STARBASE: Where no turtle has gone before. Pelo nome da fase já da pra ter uma ideia de que, finalmente, o game esta acabando. Essa fase se passa em uma estação espacial, com mais robôs diferentes, ninjas, bolas de canhão, homens de pedras e raios vindos do chão. O chefe final é um velho conhecido da galera, só que numa nave espacial.

10 fase

TECHNODOME: The Final Shell Shock

10 fase 10

A batalha final!

TECHNODOME: The Final Shell Shock é a ultima fase do game (finalmente). A fase é simples: a batalha final contra o Destruidor. Ele não é um inimigo difícil, mas não e nada fácil. Digamos que é uma dificuldade moderada. De fundo, podemos ver a estátua da liberdade.

final

Todo mundo feliz com a volta da estátua

Depois de passar por essas 10 fases e viajar no mundo das Tartarugas Ninjas, o jogador finaliza o jogo com a sensação de “dever cumprido”. Esse game é realmente divertido e nos da uma boa ideia do que é esse “universo tartarurístico”.

refeito

Fantástico remake para PS3 e Xbox 360

Esse game fez tanto sucesso que, foi criado um remake (que eu adoro, lógico) para PS3 e Xbox 360, que ficou uma obra prima! O que era bom, ficou muito melhor e agora com suporte para 4 players e jogo online!

Se você curtiu a review, não perca tempo e vá jogar. Sem dúvida, se você curte as tartarugas, ficou curioso para ver quais são os inimigos do jogo! Fiquem agora com um gameplay completo e lembre-se, a experiência de jogar é infinitamente melhor do que apenas assistir!

2 comentários sobre “Cabine Nostálgica: Teenage Mutant Ninja – Turtles Turtles in Time

  1. André Demônio

    Este jogo é do @#$%, sempre gostei de jogar, as fases são muito bem boladas, mas gosto de jogar no arcade, porque os gráficos são melhor, versão dos SNES e Genesis são boas, mas arcade é sem comparação.

    NOTA: Homem com mais de 25 anos que fala mal deste jogo é uma #FANBOY safado e tem que levar uma surra de bolinhas de gude. haha

    1. Dinho Corleone

      Valeu Andre Demônio pelo comentário!
      Eu concordo com vc que o jogo é bom mas tenho q dizer q gosto muito da versão do SNES pois é a mais clássica e foi a que eu mais joguei rs!
      Mas tb jogo ate hj a versão de Arcade no Emulador rs 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *