Cabine Crítica : Thor Ragnarok (2017)

Cabine Crítica : Thor Ragnarok (2017)

Salve, Salve Cabineiros! aqui é Samuel Ragnus! estamos de volta com o cabine critica de mais um filme da Marvel!

Estou falando de Thor Ragnarok! baseado de duas sagas dos quadrinhos: Planeta Hulk e e é claro a saga Ragnarok! mas e ae? fez jus? vamos conferir!
O Plot (que deveria ser baseado dessas sagas que falei acima) apenas arranha a superfície delas… Devido a acontecimentos inesperados Thor vai cair em um planeta Arena e deve unir forçar com seu colega dos vingadores o Hulk para juntos impedirem o Ragnarok!
Parece que tem potencial né? e ae? vamos lá pro post que separei em tópicos para explicar o que achei:
Pontos Positivos:
+ 1 Ponto – Os Visuais do filme  estão incríveis fazendo jus a adaptação cinematográfica dos quadrinhos para telona! homenageando em seu visual e as cores o mestre Jack Kirby!.
+ 1 Ponto –  Os efeitos digitais a trilha sonora e as cenas de ação estão épicos! trazendo toda a dimensão de deuses lutando para o filme! isso é inegável nesse quesito!
+ 1 Ponto –  O visual dos personagens também estão de parabéns! principalmente a vilã Hela  (Cate Blanchett) que além de um visual digno de uma deusa ele impõem respeito e medo
só pelo visual e antes de abrir a boca para o besteirol…
+ 1 Ponto – A relação de mentor de Odim (Anthony Hopkins) e seu filho Thor (Chris Hemsworth) é uma das melhores coisas do filme onde nesse momento todo o besteirol para
e o filme se leva sério nessas poucas cenas, falando em besteirol vamos para os:
 
Pontos Negativos:
– 3  Pontos: O roteiro é um emaranhado de situações para justificar piadas que estão sendo lançadas a cada 2 minutos! o filme é uma comedia em todos os sentidos! com pitadas de cenas
de ação e aventura! o problema que a comedia é tão forçada no filme que raras vezes o roteiro
se leva a serio transformando assim o longa em um grande besteirol americano.
– 2  Pontos: Devido o roteiro sofrível os personagens perdem totalmente sua relevância na trama se tornando assim escadas ambulantes para a próxima piada fazendo assim não cativar pela atuação ou carisma de todos os envolvidos.
– 1  Ponto: Desfecho do filme é tão previsível e ridículo que não acreditamos como algo tão
idiota poderia ser colocado para justificar o ato final…
Thor Ragnarok tinha tanto potencial! sua estrutura teria um desenvoltura épica e se tornaria um dos filmes mais impactantes da Marvel que acabou decidindo (mais uma vez e dessa vez exagerou a estratosfera!) para um roteiro baseado na comédia e sem valorização dos personagens ou trama Nota: 4/10 e estou arrependido de ter visto isso no cinema… vale mais a pena esperar sair no Netflix para não perder tempo e grana.
Segue o trailer dessa aberração :

redessociasEemail

 

 

FEED, RSS  – Cabine do Tempo
http://feeds.feedburner.com/CabineDoTempoPodcast

FEED, RSS – Todos os Podcasts
http://feeds.feedburner.com/CabineDoTempo

itunes_logo
youtuner160x160

Mande um email para cabinedotempo@gmail.com ou clique aqui.

facebook twitter-bird google-plus

Texto e Vitrine: Samuel Ragnus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *