Cabine Crítica : Liga da Justiça (2017)

Cabine Crítica : Liga da Justiça (2017)

Salve, Salve Cabineiros! aqui é Samuel Ragnus! voltando a postar o Cabine Critica! e dessa vez do filme mais esperado do ano!

Estou falando de Liga Justiça! e ae? depois de Batman versus Superman que foi mega polêmico
seguido de Esquadrão suicida que foi mais polemico e não esqueçamos a redenção de “Mulher maravilha” (o filme mais amado da dos heróis da Dc) Liga da Justiça conseguiu acompanhar? bora ver!

O Plot é bem amarrado: Na terra a milhares de anos um conquistador dimensional tentou dominar a terra usando 3 caixas maternas (Itens com poderes galáticos) mas a união das
tribos das Amazonas,Tribo dos Atlantes e a Tribos dos homens conseguiram juntos derrota-lo deixando uma caixa materna para cada tribo e milhares de anos se passaram e ele retornou… e cabe aos novos defensores de cada tribo: Batman,Ciborgue e Flash (Tribo dos homens) Mulher Maravilha (Tribo das Amazonas) e Aquaman (Tribo dos Atlantes) para juntos
formarem a liga e impedirem a dominação! Gostei do plot! mas funcionou no filme? vamos lá aos
pontos:
Pontos Positivos:
+ 2 Pontos – O Roteiro por sí só como visto no plot acima já amarra todos os protagonistas
reforçando muito suas motivações para o trabalho em equipe deixando o fluxo dos acontecimentos bem interessante e instigante!
+ 3 Pontos – Todos os personagens tem sua importância em tela, valorizando a função de cada um na narrativa e no foco da história trazendo:
  • O Batman de Ben Affleck focado em integrar a equipe e corrigir erros do passado.
  • A Maravilha de Gal Gadot como uma ótima líder e trazendo esperança pra todos. 
  • O Flash novato de Ezra Miller  empolgado em querer aprender e ajudar a todos.
  • O Ciborgue atormentado de Ray Fisher como Hacker dimensional da equipe.
  • O Aquaman marrento de Jason Momoa mas bondoso e parceiro (do jeito dele).
+ 1,8 Pontos – A Trilha sonora foi feita tanto para equipe como para integrantes separados deixando claro o momento de cada um! a trilha mais evidente foi de Danny Elfman lá do Tim Burton para o Batman e a trilha clássica de ação da mulher maravilha!
+ 2 Pontos –  As cenas de ação estão fazendo jus as habilidades de cada um! com momentos
epicos tanto de força como velocidade e agilidade além dos controle dos mares!
Pontos Negativos:

– 0,6  Ponto: O vilão tá bem fraquinho deixando o risco de lado para os heróis tanto que

os momentos finais do filme são bem decepcionantes.

– 0,6  Ponto: O CGI tanto do vilão como cenário final ficou um pouco a desejar em certos
momentos com a evidencia da tela verde.
Liga da Justiça não é perfeito mas está disposto a melhorar , trazendo assim muito os que os fãs pediram (vide o retorno de certo personagem com ar de bondade…) Totalizando assim 
Nota: 8,8/10 O Longa evidencia mais do que nunca o retorno da esperança dos heróis!
Filme obrigatório para toda família!
e tomae o trailer com a ótima Dublagem e trilha sonora :

redessociasEemail

 

 

FEED, RSS  – Cabine do Tempo
http://feeds.feedburner.com/CabineDoTempoPodcast

FEED, RSS – Todos os Podcasts
http://feeds.feedburner.com/CabineDoTempo

itunes_logo
youtuner160x160

Mande um email para cabinedotempo@gmail.com ou clique aqui.

facebook twitter-bird google-plus

Texto e Vitrine: Samuel Ragnus

Um comentário sobre “Cabine Crítica : Liga da Justiça (2017)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *