Cabine Crítica : Jumanji – Bem vindo a selva! (2017)

Cabine Crítica : Jumanji – Bem vindo a selva! (2017)

Salve, Salve Cabineiros! aqui é Samuel Ragnus! trazendo mais um cabine critica de um filme sequencia de mais de 20 anos!

Estou falando de  Jumanji – Bem vindo a selva! mas e ae? nova equipe novos atores e o tabuleiro virou um video game! será que é tão divertido quanto o original?
Vamos lá conferir com o:
Plot – Estudantes adolescentes encontram um video game de Jumanji e acabam sendo tragados para dentro do jogo se tornando avatares com habilidades distintas e juntos teram enfrentar os desafios da selva para voltarem para casa!.
Roteiro e Direção – Ficou a cargo de Jake Kasdan ,conhecido pela serie “Freaks e and Geeks” já mostra que entende de adolescentes e seus comportamentos criando um direção de atores competentes tanto no núcleo juvenil como adulto,assim como otimas tomadas das cenas de ação e comedia os elementos mais destacantes do ultimo filme dos anos 90, vamos aos:
Pontos Positivos:
+ 2 Pontos – Cenas de ação e bem fieis ao estilo “Jumanji” de aventura com vários momentos com desafios de animais e com a natureza, mesclando tanto as locações como cenários digitais
de forma bem natural e divertida.
+ 2 Pontos – Roteiro simples e fechadinho e com varias situações que motivação o desenvolvimento dos personagens além ótimas tiradas cômicas com os elementos e regras
que o roteiro trouxe do jogo assim como várias menções ao Alan Parrish  de Robin Williams  assim como a cena inicial que é justamente a cena final de Jumanji de 1995.
+ 2 Pontos – O elenco do filme foi um destaque a parte, temos:
  • Dwayne Johnson como Dr. Smolder Bravestone – Com interpretação cômica do fortão medroso!
  • Kevin Hart como Moose Finbar – Agora invertido fazendo o contraponto de Fortão fracote! Hart tá divertidíssimo no filme junto com Jack Black!
  • Jack Black como Professor Shelly Oberon – Esse brilhou demais um gordinho com mente de adolescente “fresquinha” e fútil gerando as melhores cenas cômicas do longa.
  • Karen Gillan como Ruby Roundhouse – A nerdinha tímida porém sexy e atlética! os vários momentos de luta com dança fizeram Karen bilhar no filme!
  • Nick Jonas como Alex apesar de curta a participação não chega a incomodar.
  • Alex Wolff como Spencer – Esse ator tem potencial, seu estilo de interpretação nerd criar empatia.
  • Madison Iseman como Bethany – Eis uma atriz que se destacou bem como a Fútil egoista.
  • Morgan Turner – como Martha – A tímida Martha cativou tanto por Turner como Gillan.
  • Ser’Darius Blain como Anthony “Fridge” Johnson – Seu Atleta não chega a incomodar mas brilha intensamente quando interpretado por Kevin Hart.
    + 2 Pontos –  A dublagem brasileira está bem competente deixando o filme
    mais divertido que o original! e a trilha sonora nem se fala tanto a instrumental como
    a de Guns and Roses – Welcome to the Jungle fecham o filme com o sorriso no rosto.
Depois de tantas coisas boas vamos aos:
Pontos Negativos:

– 1  Ponto: Faltou um desenvolvimento da história de:

– 1  Ponto: A maldita moda dos filmes hoje em dia: Sempre esquecem o Antonista, no caso foi:

  • Bobby Cannavale como Van Pelt que está sem desenvolvimento ou cenas realmente desafiadoras ou interessantes com os protagonistas se esse personagem tivesse sido desenvolvido teríamos algo tão bom quanto o Jumanji original.
Assisti Jumanji bem vindo a selva em 3D mas não vale a penas recomendo ver no velho e bom 2d dubladão! fecho minha Nota: 8/10! E vale muito a pena ir no cinema se divertir com mais um filme de aventura,comedia e ação pipocão!
Toma e o trailer dessa belezinha:

redessociasEemail

FEED, RSS  – Cabine do Tempo
http://feeds.feedburner.com/CabineDoTempoPodcast

FEED, RSS – Todos os Podcasts
http://feeds.feedburner.com/CabineDoTempo

itunes_logo
youtuner160x160

Mande um email para cabinedotempo@gmail.com ou clique aqui.

facebook twitter-bird google-plus

Texto e Vitrine: Samuel Ragnus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *