Cabine Crítica – As Tartarugas Ninja : Teenage Mutant Ninja Turtles (2014)

Cabine Crítica – As Tartarugas Ninja : Teenage Mutant Ninja Turtles (2014)

Salve Salve Cabineiros! aqui é Samuel Ragnus meio sumido e voltando  dessa vez o para falar de Tartarugas Ninja!  que sairam nos quadrinhos,dominaram a tv, fizeram vergonha no cinema em 1990 e depois de 24 anos eles retornam as telonas com uma quinta integrante! April Megan Fox O’neil, oh muier lindia! então vamos lá em mais um cabine critica!

Esse novo longa meio que é um remake das tartarugas ninja de 1990 onde focava na origem das mesmas e no embate com seu arqui-inimigo o destruidor! uma das principais modificações no roteiro original foi justamente a valorização da repórter April O’neil com os mutantes , acredito que seja por causa da atriz Megan Fox que voltou a ser amigona do produtor do filme Michael Explode tudo Bay! , As Tartarugas Ninja : Teenage Mutant Ninja Turtles (2014)   chegam com uma pegada mais atual e com um ritmo frenético alucinante mas com um pouco de respiro para nos importarmos com pelo menos uma personagem (e não me pergunte quem é!).

megan-fox-to-be-april-o-neil

Qual delas você se importaria mais, em?

 

O filme foi dirigido por Jonathan Liebesman conhecido por dirigir Furia de Titãs 2 e Batalha de Los Angeles (suas bilheterias pífias mostram o naipe de Liebesman) um tipico diretor de produtor, mandou ele tá fazendo a competência vai depender de quem manda.

O roteiro foi escrito por cinco mãos dentre elas os dois criadores dos personagens que também fizeram o roteiro do filme de 1990: Peter Laird e Kevin Eastman ótimos roteiristas de quadrinhos mas continuando amadores no quesito cinema.

Este novo filme tem um roteiro tão simples que em uma linha definimos a sinopse do filme:

Tartarugas e  jornalista gata tentando impedir(com varias cenas de ação) os planos do arqui-inimigo chamado destruidor, ponto.

Apesar do roteiro qualquer coisa o filme é recheado de ação e a interação de April com as tartarugas digitais  (Inclusive Michelangelo)é bem divertida mesmo incluindo outro personagem que é tão irrelevante para trama que só serve de motorista o filme todo, apesar de forçar no roteiro a ligação com a gata e os seres mutantes,você entende que pelo menos a origem tá melhor que o anterior (ou não) o vilão Destruidor é tão raso que sua participação se resume nas cenas de ação com a armadura baseada nos Transformers mostrada no trailer.

A Trilha sonora é de Brian Tyler anotem esse nome para lista de mais um cara com trilhas irrelevantes para filmes.

O destaque mesmo fica com a diversão das cenas de ação que comparadas as dos filmes anteriores é digna de aplausos, pena que não só de cenas de ação se sustenta um filme não é senhor Transformers?

Destruidor

Vamos Splinter! me conte agora! onde estão meus decepticons?

 

As Tartarugas Ninja : Teenage Mutant Ninja Turtles (2014)   é um filme de ação competente com um roteiro fraco mas com gags do universo pop divertidas, para quem curte nem vai ligar se o Splinter aprendeu Ninjtsu por um livro no esgoto e sim vai se divertir com as piadinhas e cenas de ação!

Nota 6,0 – e viva a diversão sem cérebro mas com muitas bugigangas! (Que nem o Donatello no filme)

Lançamento – 14 de agosto de 2014 (101min)
Dirigido por – Jonathan Liebesman
Com – Megan Fox,Will Arnett, William Fichtner e o resto digital.
Gênero Ação , Aventura e comedia
Nacionalidade EUA

Apesar de tudo o novo filme é bem melhor que os anteriores! falando neles, confiram nossos podcasts divertidíssimos sobre os filmes dos anos 90:

Tartarugas Ninja 1 aqui no cabine:

Cabine.do.tempo. tartarugas

Tartarugas Ninja 2 lá no FGcast!:

FGCast54

Boa diversão a todos e até o próximo Cabine crítica! valeu Cabineiros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *